A indústria de lanches e doces sofre perda de Rs 35.000 crore no atual FY21 devido à pandemia de coronavírus

Um funcionário da indústria disse na segunda-feira que a indústria de lanches e doces do país sofreria uma perda de receita estimada de Rs 35.000 crore no atual ano financeiro 21 devido ao surto de coronavírus.

Os especialistas disseram ainda que os fabricantes de doces e salgadinhos reduziram a capacidade de produção devido à falta de mão-de-obra em meio ao bloqueio e aos problemas de saúde relacionados ao coronavírus.

Feroze H Naqvi, diretor da Federação de Fabricantes de Doces e Namkeen disse que, devido aos efeitos nocivos do COVID-19 no mercado, estima-se que o faturamento total de doces e salgadinhos no país pode cair para Rs 65.000 crore durante o exercício em curso.



Ele também acrescentou que em 2019-20, o rendimento da indústria de doces e salgadinhos foi de cerca de Rs 1 trilhão. Isso inclui um faturamento de Rs 60.000 crore de doces.

lanches

Naqvi disse que a crise da Covid-19 afetou gravemente os negócios da indústria de doces e salgadinhos. O negócio parou devido ao surto de coronavírus seguido de um bloqueio nacional, arruinando um grande estoque de doces nas fábricas. Isso também causou enormes perdas para fabricantes e fornecedores, acrescentou.

A venda de doces e salgadinhos ganhou certo ímpeto desde o mês de junho, após o fechamento do bloqueio. Mas as indicações não são muito animadoras, já que a crise econômica induzida pelo coronavírus também afetou o poder de compra da população comum, disse Naqvi.

Naqvi acrescentou ainda que o número de unidades de fabricação de doces e salgadinhos em setores organizados e não organizados é de mais de 200.000, mas a maioria das unidades reduziu sua capacidade de produção devido às atuais condições de mercado.

Enquanto isso, Indore no país é o maior produtor de salgadinhos com centenas de unidades em pequena escala.

Leia também: Os ganhos das empresas sensex cairão tanto este ano; compartilha para ganhar apenas quando as infecções diminuem